Arquivo da categoria: Filosofando

Afinal, quem é o pregador?

Pr. Otoniel Oliveira

Jesus pregandoA igreja tem a presença de três elementos determinantes para a continuação da obra divina, a Palavra de Deus – pois sem ela não seríamos alimentados; a igreja – aquela que anseia por ouvir esta palavra; e o pregador – pois sem ele esta palavra não seria exposta. Por não ser possível a abordagem de todos estes elementos neste texto nos deteremos a apenas um destes, o pregador. Diante disto nos resta entender o que a figura deste pregador tem a nos dizer. Os outros dois elementos serão expostos em ocasião oportuna.

O PREGADOR E O RECONHECIMENTO Ec 9.13-15

Em dias de notória confusão teológica o pregador se apresenta como aquele que é merecedor de todos os reconhecimentos e honras, que se apresenta acima do bem e do mal e detentor da verdade. São inúmeros os exemplos de pessoas que de forma esdrúxula se apresentam como líderes eclesiásticos fazendo exigências antibíblicas e até mesmo imorais, fugindo completamente do que se espera do pregador numa perspectiva bíblica.

Ser tido como o expoente, o mais carismático, o líder que arrebanha multidões faz parte de uma campanha midiática para transformar homens que primariamente deveriam ser servos, em estrela que deve ser tratada como tal, de forma diferenciada dos demais afinal não é alguém comum, mas aquele que é merecedor de todos os aplausos e elogios. LEIA MAIS

Anúncios

O preço

Por Abner Phillip

É muito comum ouvirmos alguém dizer que a vida é uma só e por isso deve ser vivida com toda intensidade possível. E com essa filosofia, são desperdiçados anos preciosos pois geralmente a intensidade de viver a vida é confundida com libertinagem, hedonismo e irresponsabilidade.  Existe uma música do Paulinho Moska que faz a seguinte pergunta: “O que você faria se só te restasse um dia?”. Certamente as respostas de muitos seriam iguais à letra da canção, onde tenta-se livrar das rotinas e recatos, para curtir com os prazeres que a carnalidade proporciona. LEIA MAIS

A Igreja Batista brasileira e a maçonaria

Levado por um questionamento posto na igreja em que congrego, se, conhecendo a base maçônica na Igreja Batista brasileira, deveríamos ou não nos desfiliarmos da Convenção Batista, resolvi buscar a resposta de Deus através de uma pesquisa histórica e bíblica, a fim de chegar a uma opinião.

Se alguém ainda tem dúvidas sobre a maçonaria pode ver o debate no Programa Vejam Só, onde dois cristãos, que atingiram o grau mais alto dentro da instituição, apresentam seus argumentos, sendo que o Dr. Abimael expõe toda a face oculta da maçonaria e mostra que realmente é uma organização diabólica a qual um cristão verdadeiro jamais deveria ser membro:

Programa Vejam Só – O Cristão e a Maçonaria:

http://www.youtube.com/user/CarolPhysik#p/c/0/txquBV-pAe8

A palavra de Deus em Ezequiel 8:17 (http://www.bibliaonline.com.br/acf/ez/8) condenou a Maçonaria muito antes desta organização ter sido criada, como uma profecia, descrevendo nitidamente um ritual feito por eles em determinadas cerimônias, como podem comprovar no vídeo acima.

Então me disse: Vês isto, filho do homem? Há porventura coisa mais leviana para a casa de Judá, do que tais abominações, que fazem aqui? Havendo enchido a terra de violência, tornam a irritar-me; e ei-los a chegar o ramo ao seu nariz. (Ezequiel 8:17)

Em relação à presença de maçons na fundação da Igreja Batista no Brasil, isso é comprovado através de relatos históricos. Inclusive a criação da Convenção Batista dentro de uma loja Maçônica, como podem comprovar nestes documentos:

http://primeiraigrejavirtual.com.br/2010/11/11/origens-batistas-rastro-de-sangue-ou-rastro-manico/

Quem não acredita pode ler o relato em um site maçom:

http://www.lojaantoniojoao.com.br/not-view.php?not_id=5

Aqui neste vídeo mostra que atualmente em alguns lugares do país, a Igreja Batista tem influências maçônicas:

http://www.youtube.com/watch?v=8b0AO3P_vRI

Porém isso em nada nos afeta. Não existe maldição hereditária. Vejam o que diz em Ezequiel 18:20, o mesmo profeta que condena a Maçonaria (http://www.bibliaonline.com.br/acf/ez/18)

A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a iniqüidade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre ele. (Ezequiel 18:20)

Ou seja, se guardarmos os ensinamentos do Senhor, nada temos a temer.

E quanto ao Jugo?

Será que estamos mesmo “debaixo de um jugo”? Quais as provas que atualmente a Convenção Batista é controlada pela Maçonaria?

Seriam todos estes pastores maçons?

http://www.batistas.com/index.php?option=com_content&view=article&id=4&Itemid=11

Destaque para o presidente, Pr. Paschoal Piragine Júnior, que em ocasião das eleições presidenciais foi taxativo em solicitar que os crentes não votassem em Dilma Roussef e Michel Temer.

Sendo Temer um maçom quase confesso, estaria o Pr. Paschoal Piragine indo contra um “irmão”? Não seria vantajoso para uma organização como a CBB ter um vice-presidente aliado?

Portanto, reflitamos:

– Podemos tomar uma decisão desta magnitude sem seguir o que orienta nosso Estatuto?
– Podemos simplesmente nos desligar da Convenção sem ao menos ouvi-la?
– É correto julgar sem ter provas concretas, baseadas apenas nas palavras de um homem, por mais íntegro que seja?
– Realmente devemos temer os pactos feitos por nossos antepassados?
– Quais os danos podemos sofrer por sermos submissos a instituições com base no satanismo?
– O que a bíblia diz a respeito disso tudo?

Em Cristo,

Máscaras

Quantas vezes chegamos a um certo ponto em nossas vida pessoais e profissionais onde colocamos máscaras e enganamos a nós mesmo? Até quando vamos conseguir viver? Até onde achamos que vamos suportar? Muitos vivem de máscaras, pois assim é melhor. Hoje em dia é a melhor solução pros problemas. Mas o pior lugar onde se pode usar esta máscara é na IGREJA! Tire a máscara!

Via Profetirando

Jesus, o maior guitarrista de todos os tempos!

Um amigo me disse certa vez, entusiasmado, que um guitarrista de um famoso ministério de louvor havia declarado que antes sua inspiração musicalvinha de músicos como Jimi Hendrix e Steve Vai, mas que isso estava errado, hoje ele entende que sua única inspiração é Jesus!!

– Que legal – pensei – não sabia que Jesus tocava guitarra.

Estou certo, como já disse, que nossa maior inspiração vem do Criador, e nosso poder criativo existe porque Ele nos criou a sua imagem e semelhança, é um dos atributos que nos difere dos animais irracionais junto a capacidade de raciocínio.

Porem não há como imaginar que os cristãos sejam detentores da verdade sobre todos os assuntos da vida, a confusão entre conhecer a Verdade, que é Cristo – e ainda assim conforme Lhe agradou fazer-se conhecido – e conhecer a verdade sobre todas as coisas é absurda.

Deveria ser obvio que conhecer a Cristo não faz de nós conhecedores sobre todos os assuntos sobre todas as áreas da vida.

Por exemplo, ao servir a Cristo você não passa a saber tudo sobre a teoria da relatividade, isso acontece porque você estuda, você também não se torna um médico por começar a servir a Jesus. Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: